O REAL RESISTE


Meu livro RES foi escrito em 2009, publicado em 2011, e lançado neste mesmo ano na Feira de Livros de Bento Gonçalves-RS e em Macapá. A edição saiu bilíngue - português/castelhano, com a tradução primorosa dos poetas Leo Lobos e Cristiane Grando e projeto gráfico de Daniel Nec. Agora estou preparando uma reedição do RES, numa versão trilíngue, com tradução para o italiano do professor Francesco Marino. Abaixo, um dos poemas traduzido para italiano, que fecha o livro:

il reale con la sua aria piena i suoi resti (pieghe) del corpo l’incesto l’innesto con tiri a bruciapelo questo reale ti provoca prude i tuoi nervi

il reale con il suo insetto di luce si apre in pietra con il suo faro ci conduce con la sua furia ci prende

il reale – credi?- res ist e

(Tradução de Francesco Marino)

P.S. Optei por desmembrar a palavra "resiste" para possibilitar outras leituras. Além da referência ao próprio título do livro, Res (do latim: coisa, que deu origem às palavras "real", "realidade"). "Ist", 3ª pessoa do verbo sein(ser/estar em alemão) e o "e" conectivo de ligação para uma outra coisa ainda...

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo